Início » Blog » Colesterol: Tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

Colesterol: Tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

 

A saúde, agora mais do que nunca por conta da moda fitness, é uma preocupação constante na maioria da população, pois querem viver uma vida longa, com o corpo em boa forma e de maneira leve e saudável. Cada vez mais as pessoas estão querendo saber sobre receitas saudáveis, rotina na academia, e vitaminas que ajudam o corpo a se manter forte.

 

Com todos os avanços na medicina, é possível controlar a saúde por meio de exames, que, se feitos regularmente, podem evitar doenças sérias e melhorar a qualidade de vida.

 

Sempre se fala na mídia sobre o colesterol. Existe o bom o ruim, mas como diferenciá-los? Existem alimentos que auxiliam no colesterol? O colesterol é uma doença? Como ter um colesterol bom? Continue lendo esse post para descobrir!

 

O que é o colesterol?

 

O colesterol é uma substância encontrada em todas as células dos corpos dos mamíferos, produzida pelo fígado, sendo fundamental para diversas atividades em nosso organismo. Quimicamente falando, o colesterol é um álcool policíclico de cadeia longa, sua fórmula sendo C27H46O. As plantas e os produtos de origem vegetal não possuem esse esteroide, somente os mamíferos. Os fungos e plantas produzem um composto parecido chamado de fitosterol.

 

O colesterol não se dissolve na água, tampouco no sangue. Por isso ele é tão perigoso para a saúde. Somente o colesterol bom consegue remover o colesterol ruim do corpo.  

 

Leia também: Explicando a Lipoaspiração

 

Colesterol bom

 

Conhecido também como HDL (Lipoproteína de alta-densidade), esse colesterol é produzido pelo próprio corpo e é transportado por proteínas, sendo fundamental, pois protege as artérias do coração. O número ideal de HDL que um indivíduo possui deve ser igual ou acima de 40mg/dl. Ele é chamado de colesterol bom, pois pode absorver parte do colesterol ruim, limpando as vias sanguíneas. O HDL recolhe o LDL e o transporta até o fígado para ser eliminado.  

 

Como fazer para obter esse número? Uma dieta balanceada, com alimentos ricos em vitaminas e a prática de exercícios físicos.

 

Colesterol ruim

 

Chamado também de LDL (Lipoproteína de baixa-densidade). O colesterol ruim produz uma placa de gordura nas veias e nas artérias sanguíneas, comprometendo-as.

 

Para um indivíduo possuir o temido colesterol ruim, a taxa tem que ser igual ou acima de 130mg/dl. Uma alimentação repleta de açúcar, gordura trans e gordura saturada faz com que o nível de colesterol ruim fique nas alturas. Entretanto, apenas 30% do LDL corresponde à alimentação. Setenta por cento vem de fatores genéticos, por isso é muito importante saber o histórico de saúde dos familiares e fazer sempre um acompanhamento com um médico.

 

Veja também: Reclamar faz mal?

 

Fatores de risco

 

– Sedentarismo;

– Cigarros;

– Idade avançada;

– Genética;

– Má alimentação;

– Diabetes;

– Obesidade;

– Hipertensão.

 

Alimentação para diminuir o colesterol

 

colesterol azeite

 

Sucos naturais (use e abuse do suco verde, ele traz muitos benefícios e ainda uma ótima fonte de energia para o corpo), azeite de oliva, óleo de canola, soja, girassol e milho, frutas, inhame, alimentos integrais, aveias, verduras, legumes, peixes, leites e iogurtes desnatados, e chás naturais!

 

Em dias mais quentes, o ideal é beber chás gelados (sem açúcar), como o de hibisco, que além de fazer bem para o coração, também é oxidante e um dos melhores chás para diminuir o colesterol. Ele é um ótimo aliado para quem quer perder peso.

 

Que alimentos evitar?

 

 

Frituras, açúcar, refrigerantes, alimentos industrializados, excesso de álcool e cafeína, pele de frango, gema de ovo, manteiga, carne de porco e carne de boi.

 

Mitos e verdades

 

– Mito: O colesterol é uma doença.  Ao contrário do que se pensa, ele não é uma doença, pois realiza diversas funções de suma importância no organismo, como: absorção de vitaminas, produção de hormônios, auxilia na digestão de gorduras, etc. Portanto, a ideia não é eliminar o colesterol do corpo, e sim tê-lo em uma proporção equilibrada, menor do que 130mg/dl.

 

Mito: Somente pessoas com má alimentação possuem colesterol. O colesterol está presente no corpo de todo mundo, a diferença é a quantidade dele no organismo.

 

Verdade: O colesterol ruim pode levar a um ataque cardíaco. Se o nível de LDL está muito alto, o corpo começa a formar placas de gordura, impossibilitando a passagem do sangue, podendo causar também um AVC.

 

Verdade: O colesterol ruim não apresenta sintomas. Por isso todo o cuidado é pouco! Só pode ser detectado com exames ou em ocasiões mais sérias, no momento de um AVC ou ataque cardíaco. O ideal é realizar exames de 6 em 6 meses, se você leva uma vida sedentária e se alimenta de maneira ruim.  

 

 

Tratamento para colesterol alto

 

Muitas vezes fazer uma dieta saudável e com exercícios físicos não é suficiente. É necessário também fazer o uso de medicamentos para diminuir o colesterol. De qualquer forma, somente um médico poderá te instruir de quais passos tomar, não tome medicamentos e/ou comece dietas sem a ajuda de um profissional.

 

Não deixe de ler: Lábio Leporino: Tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

 

 

 

Atenção!

Controlar o colesterol é muito importante, mas também cada um deve se preocupar em levar uma vida saudável, se alimentando de maneira correta e fazendo atividades físicas regularmente. Além disso, é importante também cuidar da mente! Com a nossa mente em paz, o corpo todo fica bem, tranquilo e feliz. Exercícios como yoga e pilates ajudam a equilibrar o corpo como um todo, experimente!

 

E, é claro: não se esqueça de fazer exames regularmente com um médico de confiança!

 

 

Quer receber nossos posts e sempre ficar por dentro das nossas novidades? Então não se esqueça de se inscrever em nossa newsletter!

 

Clarice Abreu

Sobre a Drª. Clarice Abreu

Sou médica especialista em Cirurgia Plástica e Cirurgia Craniomaxilofacial, com formação nacional e internacional em Cirurgia Plástica Estética e Reparadora e em Cirurgia Plástica e Craniofacial Pediátrica. Estou comprometida com um atendimento diferenciado e humanizado, respeitando a individualidade de cada paciente e valorizando seus aspectos psicológicos, suas motivações e expectativas pessoais.