Início » Blog » 17 dicas para cuidar conseguir cuidar dos filhos e ter tempo para si

17 dicas para cuidar conseguir cuidar dos filhos e ter tempo para si

Segundo uma pesquisa belga feita pela Universidade Católica de Lovanio feita com mais de duas mil pessoas, o esgotamento mental e físico atinge um a cada dez pais. Isso é um número muito alto! 

Entre os sintomas do desgaste, foram listados: abatimento, sentimento de incompetência, cansaço, entre outros. Além disso, ainda segundo esse levantamento, 12,9% das mães estão propensas a passar por esse esgotamento, contra 11,6% dos pais.

Se você ainda não passou por isso, aposto que já viu pais e mães que enfrentam essa sensação de exaustão, não é mesmo? Muito disso é por não saber como lidar com situações impostas no dia a dia familiar e não conseguir suportá-las.

Pensando nisso, separei algumas dicas que podem te ajudar a lidar com a responsabilidade de criar seus filhos, mas também de cuidar de si mesmo. Confira:

1 – Planejamento ainda é melhor ideia

Desde que somos crianças, aprendemos que, quando planejado, as coisas funcionam de forma muito fácil. Isso reflete também na criação dos filhos. Planejamento é a palavra-chave para passar por essa época sem muitas dificuldades. Por isso, tente planejar o que for possível – desde o nascimento do seu bebê até as tarefas diárias.

 

2 – Priorize tudo o que é indispensável para você

Para conseguir se planejar, uma boa ideia é pensar em tudo que é prioridade para você, seja no dia a dia ou no que você quer fazer com os seus filhos. Assim, você consegue separar o que é realmente necessário do dispensável. Isso faz com que o que é importante esteja sempre em primeiro plano.

 

3 – Priorize tudo que é indispensável para os seus filhos

Além disso, lembre-se que o seu pequeno também tem necessidades que precisam ser atendidas. Por isso, liste também as prioridades do seu filho!

 

4 – Tente fazer uma lista semanal ou diária de tudo que você precisa fazer

Nós sabemos que, provavelmente, você tem muitas coisas para fazer e muitas ideias rodeando os seus pensamentos, inclusive suas prioridades. Por isso, uma boa ideia é fazer uma lista, seja ela semanal ou diária, do que precisa ser feito. Além disso, muitas vezes, colocar no papel ajuda a clarear as ideias e também a não se perder no meio de todas as responsabilidades.

Assim, você e seu parceiro poderão distribuir da melhor forma possível o tempo que vocês têm durante a semana, seja ele livre ou com alguma ocupação.

 

5 – Tente fazer uma lista semanal ou diária de tudo que seus filhos precisam

Assim como a lista do que você precisa fazer, é bem interessante também criar uma dos afarezes dos seus filhos e do que você precisa fazer com eles. Dessa forma, você consegue cruzar os dados e ver quais afazeres dos seus pequenos necessitam da sua ajuda. Isso te ajudará a evitar possíveis contratempos.

 

6 – Deleguem funções

Após preparar as listas semanais ou diárias, converse com o seu parceiro para que vocês possam delegar funções que ajudem a facilitar a rotina da casa. Por exemplo, quem fica responsável pelas compras, pela limpeza, por buscar as crianças, entre outras coisas.

 

7 – Os dois são os pais da criança, os dois devem criar

Muitos homens foram ensinados desde criança que a função do homem é sustentar a casa e não cuidar dos filhos. Entretanto, essa ideia ultrapassada é algo que está ficando para trás. Lembre-se que pai não ajuda, pai cria. Vocês dois embarcaram nessa jornada e precisam se apoiar igualmente.

 

8 – Tenha a ajuda da tecnologia

A tecnologia pode ser sua grande aliada na missão de cuidar dos filhos e também de você! Afinal, eles facilitam a rotina e não uma “mão na roda” para conseguir resolver problemas. Aplicativos, por exemplo, podem facilitar na hora de ir ao mercado, conseguir ajuda para a limpeza da casa, lembrar horários, listar o que é preciso ser feito no dia, se organizar, entre outros diversos macetes que irão ajudar no dia a dia.

 

9 – Tente manter a rotina

Ter um horário para acordar, fazer as refeições, tomar banho e dormir é algo que pode ajudar, e muito, na criação dos seus filhos. Com isso, eles irão se acostumar com a rotina e seguir os horários sem precisar de muita cobrança.

 

10 – Se tiver filhos mais velhos, ensine-os a ajudar

Aproveite que crianças tendem a encontrar diversão em quase tudo ao seu redor e utilize isso ao seu favor. Caso você tenha filhos mais velhos, inclua-os nas tarefas domésticas mais leves e fáceis, como arrumar a cama e recolher o lixo. Assim, você terá uma ajuda básica, mas que será de grande auxílio no final do dia.

 

11 –  Mantenha-se hidratado e bem alimentado

Como diria aquele ditado popular: “saco vazio não para em pé”, ou seja, é preciso se manter bem hidratado e alimentado para conseguir aguentar a rotina. Por isso, nunca despreze as refeições e beba, no mínimo, dois litros de água por dia.

 

12 – Tenha uma rede de apoio

Ser pai e mãe não é algo fácil, ainda mais quando tentamos lidar com tudo sozinhos. Antes mesmo do nascimento do bebê, tente criar uma rede de apoio que irá te ajudar durante os dias mais desafiadores. Amigos, primos, pais, avós ou vizinhos, procure auxílio onde for possível.

 

13 – Não culpe-se por aquilo que não der certo ou que você não der conta

Lembre-se que você está sempre dando o seu melhor. Por isso, tente evitar se julgar quando cometer algum erro ou quando achar que não está sendo um bom pai ou mãe. Se você não deu conta de uma tarefa, não sinta-se mal por isso. Nesses momentos, a melhor opção é respirar fundo e lembrar que cada dia é vivido de uma vez. Se hoje não funcionou, talvez amanhã isso mude!

 

14 – Você ainda é uma pessoa!

Uma das coisas mais importantes, e que diversas pessoas perdem perdem quando têm filhos, é a individualidade. Você ainda é um ser humano, não apenas uma mãe ou um pai. Portanto, lembre-se que você precisa se sentir feliz e completo para conseguir lidar com outras coisas.

 

15 – Combine com seu parceiro, de ter um tempo só seu (e também um tempo com ele)

Nós sabemos que nos primeiros meses de vida do bebê, é muito difícil fazer até mesmo as coisas mais simples. Entretanto, converse com seu parceiro(a) e combinem um momento do dia ou da semana para dedicar atenção a vocês mesmos. Além disso, lembrem de também tentar separar um momento para o casal, vocês precisam disso.

 

16 – Tenha pequenos agrados diários

Está com vontade comer alguma coisa em especial? Quer tomar um banho mais longo? Ou até mesmo ler um livro? Faça! Separe alguns minutos da rotina para presentear-se com esses pequenos agrados. Eles farão toda a diferença!

 

17 – Fale o que você está sentindo

Muitas pessoas têm a mania de se calar quando estão cansadas, irritadas ou até mesmo insatisfeitas com certas situações. Não guarde isso para você! Compartilhe as suas dores e também ouça as dores do seu par. Talvez, dessa forma, vocês consigam melhorar algumas coisas ou até mesmo encontrar solução para outras, e tudo isso com muita cumplicidade.

Clarice Abreu

Sobre a Drª. Clarice Abreu

Sou médica especialista em Cirurgia Plástica e Cirurgia Craniomaxilofacial, com formação nacional e internacional em Cirurgia Plástica Estética e Reparadora e em Cirurgia Plástica e Craniofacial Pediátrica. Estou comprometida com um atendimento diferenciado e humanizado, respeitando a individualidade de cada paciente e valorizando seus aspectos psicológicos, suas motivações e expectativas pessoais.